Início BRASIL Provão Paulista vai dar acesso a 13 mil vagas nas universidades estaduais

Provão Paulista vai dar acesso a 13 mil vagas nas universidades estaduais

O Provão Paulista para alunos do ensino médio das escolas estaduais vai dar acesso a cerca de 13 mil vagas em cursos superiores da USP, Unicamp, Unesp, Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Centro Paula Souza já para o ano letivo de 2024. Nesta segunda-feira (10), o governador Tarcísio de Freitas autorizou a instituição da nova porta de entrada para as universidades públicas paulistas.
“O que mais motiva a gente nessa missão é poder dar vazão aos sonhos das pessoas e fazer com que sonhos se realizem. Os jovens têm o sonho de entrar na universidade porque ela é um passo para o sucesso profissional, a inserção no mercado de trabalho, emprego de qualidade e autonomia. A gente quer fazer esse sonho cada vez mais possível e que vocês alcancem esse sonho”, afirmou o governador a alunos durante a solenidade no Palácio dos Bandeirantes.
“Agarrem com força as oportunidades e aproveitem cada ferramenta que vai ser dada a vocês. Façam o nosso Provão Paulista, brilhem, vão para a universidade e sejam felizes. É tudo o que a gente quer”, reforçou Tarcísio.
A cerimônia no Palácio dos Bandeirantes reuniu o secretário-chefe da Casa Civil, Arthur Lima, os secretários estaduais Renato Feder (Educação), Vahan Agopyan (Ciência, Tecnologia e Inovação), Gilberto Kassab (Governo e Relações Institucionais), Lais Vita (Comunicação), os reitores Pasqual Barretti (Unesp), Carlos Carlotti Junior (USP) e Tom Zé (Unicamp), a superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá, e o presidente da Univesp, Marcos Borges. As autoridades assinaram o protocolo de intenções para instituir o Provão Paulista.
A meta é oferecer mais uma opção aos alunos da rede estadual para o ingresso nas universidades públicas de São Paulo. “Não estamos apenas dando acesso ao ensino superior, e sim acesso às melhores universidades do país. A educação de São Paulo se orgulha de liderar esse processo de inclusão”, afirmou o secretário da Educação.
A nova avaliação da Secretaria da Educação começa a ser aplicada no próximo mês de novembro de forma seriada, com questões de múltipla escolha e redação. O teste poderá ser utilizado como acesso direto a vagas nas universidades públicas e Fatecs de São Paulo para início do curso em 2024.
“É um momento de alegria. Nós estamos conseguindo uma inclusão efetiva e garantir a integração de atividades, a sinergia de duas secretarias, quatro universidades e o Centro Paula Souza. É uma iniciativa motivante e que certamente vai diminuir a evasão no ensino médio e melhorar o interesse do aluno para continuar estudando ano a ano”, disse o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação.
De acordo com a pasta, a avaliação seguirá os moldes de vestibular, com aplicação presencial fiscalizada nas escolas estaduais, em data única. Todos os estudantes do ensino médio da rede estadual, incluindo os das Etecs, poderão participar do Provão Paulista.
Para 2024, o acesso às vagas nas universidades será obtido pela nota acumulada por alunos nos Provões Paulistas dos dois anos finais do ensino médio. Em 2025, serão considerados os resultados nas provas aplicadas ao longo das três séries.
Além de facilitar a entrada no ensino superior, a Secretaria da Educação avalia que o Provão Paulista servirá para melhorar o desempenho dos estudantes do ensino médio da rede estadual. A iniciativa também será um instrumento de combate ao abandono e à evasão escolar.
Governo do Estado de São Paulo
Artigo anteriorAdamantina – Lucas Marcelino é Ouro e Izabela Rodrigues Prata no 42º Troféu Brasil de Atletismo
Próximo artigoDeixou o São Paulo e agora vai jogar a Série D do Brasileirão 2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui